Young girl smiling in class Close up head shot of boy in school Girl holding hand up, with teacher at white board
.

Crianças em Idade Escolar (School Aged Children)

Com quem devo falar se estiver preocupado com o progresso do meu filho?

 

Que tipo de ajuda existe?

 

Poderei participar?

 

Penso que o meu filho tem um problema mas a escola não concorda.  Como devo proceder?

 

A escola pensa que o meu filho tem um problema mas eu não concordo.   Como devo proceder?

 

Quer a escola quer eu pensamos que existe um problema.  O que acontece a seguir?

 

Com quem devo falar se estiver preocupado com o progresso do meu filho?

O professor do seu filho gostará de saber se estiver preocupado com o progresso do seu filho.  Deve contactar a escola e marcar uma reunião para falar com o professor do seu filho ou director.   Nessa reunião, a escola ouvirá as suas preocupações, informá-lo-á sobre o progresso do seu filho e sobre os esforços que tenham sido realizados para ajudar.  

 

Que tipo de ajuda existe?

Dependendo das dificuldades do seu filho, encontram-se disponíveis uma série de apoios.  Na maior parte dos casos, as necessidades do seu filho podem e devem ser tratadas dentro da diferenciação de rotina que acontece em todas as escolas.   A diferenciação significa utilizar diferentes estilos de ensino que levam em conta as várias formas através das quais as crianças aprendem e o nível em que cada uma se encontra.  Quando os professores diferenciam o currículo, apresentam a informação do modo mais adequado a cada criança. Se uma criança está a progredir lentamente, o professor pode experimentar uma ou mais das seguintes medidas:-
  •  Indicar tarefas a um nível mais básico e simples.
  • Utilizar métodos de ensino que se adequem melhor ao modo como a criança aprende, por exemplo, mais envolvimento activo.
  • Utilizar livros e fichas de trabalho que melhor correspondam às experiências da crianças.
  • Passar a criança para um grupo diferente ou mais pequeno.
  • Prestar apoio diferente através de um assistente de sala de aula.
  • Segmentar informação complexa em pequenos passos de aprendizagem.

 

Poderei participar?

Sim.   Deve ser informado sobre como a criança está a evoluir na escola desde o início.   Os pais fazem parte integral da educação dos seus filhos e desempenham um papel fundamental na sua aprendizagem.  As suas opiniões, sentimentos e perspectivas sobre o desenvolvimento do seu filho são respeitados e contribuem para o planeamento educativo do seu filho.

 

Penso que o meu filho tem um problema mas a escola não concorda.  Como devo proceder?

Deve falar com o director, dado que por vezes podem ocorrer mal-entendidos.  É importante que coopere o máximo possível com a escola do seu filho em qualquer debate sobre as respectivas Necessidades Educativas Especiais.  Pode achar proveitoso anotar as suas preocupações antes de uma reunião e, caso o pretenda, pode levar um amigo ou familiar consigo.

 

Se ainda discordar após a conversa com o director, pode ter em conta, em primeiro lugar, entrar em contacto com o Presidente do Conselho Directivo.  Se após tomar esta medida ainda não estiver satisfeito, então contacte o seu Conselho educativo e de Bibliotecas local.  Na improvável eventualidade de os assuntos ainda permanecerem por resolver, pode considerar entrar em contacto com o DARS.

 

A escola pensa que o meu filho tem um problema mas eu não concordo.  O que faço?

Deve falar com o director, dado que por vezes podem ocorrer mal-entendidos.  É importante que coopere o máximo possível com a escola do seu filho em qualquer debate sobre as respectivas Necessidades Educativas Especiais.   Pode achar proveitoso anotar as suas preocupações antes de uma reunião e, caso o pretenda, pode levar um amigo ou familiar consigo.

 

Se ainda discordar após a conversa com o director, pode ter em conta, em primeiro lugar, entrar em contacto com o Presidente do Conselho Directivo.   Se após tomar esta medida ainda não estiver satisfeito, então contacte o seu Conselho educativo e de Bibliotecas local.  Na improvável eventualidade de os assuntos ainda permanecerem por resolver, pode considerar entrar em contacto com o DARS. 

 

Tanto a escola como eu pensamos que existe um problema. O que acontece a seguir?

Nesta circunstância, o professor responsável pelas Necessidades Educativas Especiais deve falar consigo e com os outros professores e estabelecer um Plano educativo.  Esse plano definirá metas a atingir e uma data para uma análise para verificar o progresso. 

 

A escola pode pedir-lhe para trabalhar com o seu filho e ajudar em casa.  O seu apoio e encorajamento são vitais.

 

A escola pode também pedir autorização para falar com o seu médico ou o médico da escola sobre o seu filho. Todo o trabalho realizado nesta etapa irá ajudar frequentemente o seu filho a progredir.  Algumas crianças podem precisar de mais ajuda.  A escola também pode procurar ajuda especializada exterior.  A escola pode chamar um psicólogo educativo ou um professor especializado.  A sua escola poderá explicar-lhe o modo como diferentes profissionais podem ajudar o seu filho.  Pode também possuir informação sobre serviços de apoio local.

 

O professor responsável pelas necessidades educativas especiais terá em conta a informação reunida sobre as necessidades educativas especiais do seu filho e decidirá o tipo de ajuda extraordinária que é será necessário.  Os professores do seu filho e o especialista externo traçarão depois um novo Plano educativo.   A escola verificará como o seu filho está a evoluir e registará o progresso.  Será mantido informado e será convidado a apresentar-se em reuniões de revisão.   Se o seu filho não aparenta estar a progredir conforme expectável, o director decidirá se deve requerer ao Conselho uma Avaliação Obrigatória.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please Rate This Page!