Young girl smiling in class Close up head shot of boy in school Girl holding hand up, with teacher at white board
.

Autismo (Autism)

O texto seguinte é retirado do 'Relatório do Grupo de Trabalho sobre o Autismo' cuja versão na íntegra se encontra disponível abaixo.

 

O que é o Autismo?

 

A Síndrome do Espectro Autista é uma deficiência complexa do desenvolvimento que afecta essencialmente o modo como a pessoa comunica e se relaciona com os outros.   O termo ‘espectro autista’ é frequentemente utilizado porque o estado varia de pessoa para pessoa.  A síndrome de Asperger é o estado da fase mais capaz do espectro.Na fase ‘mais incapacitante’ do espectro está a síndrome de Kanner, por vezes referida como ‘autismo clássico’.

 

O estado e os padrões de comportamento associados ao “autismo infantil precoce” foram descritos pela primeira vez pelo psiquiatra infantil Leo Kanner (1943).  De acordo com Kanner, as principais características deste estado incluem deficiências de sociabilidade graves, de comunicação, rigidez de processos de raciocínio e padrões de comportamento ritualizados.  Quase ao mesmo tempo, na Europa, um grupo de crianças muito similar foi descrito por Hans Asperger (1944) e caracterizado pelo comportamento social estranho, ingénuo e inadequado, discurso prolixo e meticuloso, comunicação não verbal fraca, interesses limitados e capacidades de coordenação motora fraca.  TFoi também descrito como tendo dificuldade em aplicar as suas capacidades de modo flexível e funcional.  Os trabalhos de Leo Kanner (1943) e Hans Asperger (1944) são a base do nosso conhecimento actual sobre a Síndrome do Espectro Autista.  Apesar do intenso debate sobre a definição de autismo e, em especial, da síndrome de Asperger, actualmente é maioritariamente aceite que quer o autismo quer a síndrome de Asperger se encaixam num grupo mais amplo de afecções sociais e de comunicação, normalmente conhecidas como Síndromes do Espectro Autista (ASD).

 

Uma das contribuições mais significativas para a compreensão clínica do autismo como síndrome de espectro foi a de Lorna Wing (1979).  Após ter realizado um estudo epidemiológico intensivo, Wing concluiu que a deficiência social é uma afecção do desenvolvimento e que as suas diferentes manifestações, quer sejam ou não classificadas como síndromes, fazem todas parte de um ‘espectro’ de afecções relacionadas.  Wing descobriu que existiam 3 áreas no desenvolvimento associadas com esta deficiência social, formando um núcleo de características que proporcionam critérios de diagnóstico para a identificação do autismo.  Este núcleo é referido como a tríade das deficiências:

 

  • deficiência na Interacção Social;

 

  • deficiência na Comunicação em Sociedade;

 

  • deficiência na Compreensão Social e Imaginação.

 

Documentos Relacionados

 

DE - Relatório do Grupo de Trabalho sobre o Autismo (.pdf)

O Grupo de Trabalho sobre o Autismo foi criado em Novembro de 2000 para efectuar recomendações sobre as disposições educacionais para crianças e jovens com autismo.

Autismo
Please Rate This Page!